Eletro Life

Forum de Música Eletrônica, Mixagens, Produtores, Sets, Atualidades, Dj´s, e Afins.
 
InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Reason: O Sintetizador Subtractor

Ir em baixo 
AutorMensagem
Eletro Life
Admin
avatar

Mensagens : 63
Data de inscrição : 05/01/2008
Idade : 40
Localização : Curitiba - PR

MensagemAssunto: Reason: O Sintetizador Subtractor   Dom Dez 07, 2008 8:13 pm

A produção de arranjos em estúdios de todos os tamanhos tem se beneficiado das facilidades dos instrumentos virtuais. Dentre estes, que são centenas, destaca-se o Reason. Pela praticidade de uso, riqueza de recursos e interatividade com os grandes programas gravadores de áudio e MIDI, o Reason pode ser considerado uma ferramenta de apoio quase obrigatória para os produtores musicais e arranjadores.



No trabalho com seqüenciadores MIDI, o som é gerado por sintetizadores, samplers e baterias. Enquanto os seqüenciadores tradicionais, como o Cubase, o Logic ou o Sonar podem acionar instrumentos reais ou virtuais, o Reason só ‘toca’ seus próprios instrumentos. Contudo, usando a técnica denominada ReWire, podemos reunir os sons do Reason aos demais sons do planeta Terra usando o Sonar ou o Cubase, por exemplo, que conseguem sincronizar-se com ele e abrir todos os instrumentos numa mesma mesa virtual.

Dos instrumentos do Reason, o mais prático talvez seja o sintetizador Subtractor. Ele permite programar facilmente os sons com vários recursos, ao mesmo tempo que já vem com uma grande variedade de timbres “de fábrica”, ou seja, sons que já vêm prontos para serem tocados. Podemos usar vários desses sons simultaneamente, quando tocados pelo seqüenciador. Basta abrir vários Subtractors. Mas usar somente os sons pré-programados é limitar demais o uso desses instrumentos, já que a sua maior virtude é permitir a programação de infinitas sonoridades. Cabe, então, conhecermos um pouco dos componentes desse sintetizador, enquanto recordamos alguns princípios da síntese dos sons.

Existem vários tipos de síntese usados na arquitetura desses instrumentos. Síntese subtrativa, aditiva, sample playback, FM, distorção de fase, LA, Z-Plane, wave sequencing são alguns dos formatos mais conhecidos. A síntese subtrativa é uma das mais antigas, usadas nos sintetizadores analógicos e em muitos modelos digitais, também. E é a de mais fácil compreensão.

Um sintetizador tem três componentes básicos: o oscilador, o filtro e o amplificador. Geralmente, a esses três elementos são associados mais dois componentes acessórios: o gerador de envelope e o LFO.

O Subtractor tem dois osciladores, dois filtros, três envelopes, dois LFOs, polifonia de até 99 vozes, modulação de freqüência e de fase. O primeiro oscilador (Osc 1) gera uma entre 32 formas de onda (timbres) a escolher, um tom contínuo e muito rico em harmônicos. Por exemplo, escolhemos se ele vai gerar uma onda dente-de-serra, quadrada, triangular, senóide ou outras. Assim, temos diversas opções de timbres, que servem como ponto de partida para a edição da sonoridade que desejamos produzir. De acordo com a nota acionada pelo controlador MIDI (teclado ou outro), temos a altura gerada pelo oscilador. Podemos afinar o oscilador por oitavas, semitons e centésimos. Somando o som do segundo oscilador, podemos, por exemplo, ajustar uma afinação ligeiramente diferente daquela do Osc 1 e encorpar bastante o som. O gerador de ruído (Noise) adiciona uma sujeirinha muito útil a vários sons.

Para moldarmos o timbre emitido pelo oscilador, vamos usar o filtro de freqüências. O som que sai do oscilador, qualquer que seja a forma de onda escolhida, exceto a senóide, costuma ser estridente, repleto de harmônicos. Essas freqüências precisam ser filtradas, até alcançarmos o timbre desejado. O filtro corta certas freqüências do som e deixa passar outras. No Subtractor podemos usar os seguintes filtros: passa-alta (HP), passa-baixa (LP), passa-banda (BP) e rejeita-banda (notch). O ponto de corte ou cutoff, que é a fronteira entre os sons que são cortados e os que permanecem, é móvel nos sintetizadores. Isto permite que o programador defina quais harmônicos de um som serão ouvidos. Basta mover o botão Freq do filtro. O som do oscilador, quando passa pelo filtro, é radicalmente alterado, pois muitos de seus harmônicos estão sendo eliminados. O timbre muda bastante ao movermos esse controle. Ao seu lado, o controle de ressonância do filtro (Res) realça a freqüência (o harmônico) mais próxima do ponto de corte, criando um efeito muito usado em música eletrônica.

O botão Level permite programar o volume do som que estamos criando. É o ajuste do amplificador do Subtractor.

Até este ponto, o Subtractor só é capaz de emitir sons contínuos. Para que o som de cada nota possa variar no tempo, contamos com os geradores de envelope e os LFOs. O Amp Envelope faz variar ao longo do tempo o volume de cada nota tocada, de acordo com uma curva que determinamos. Esse envelope tem quatro estágios, representados por suas iniciais: A, D, S e R – Ataque, Decaimento, Sustentação e Relaxamento.

O ataque (A) ajusta o tempo que transcorre desde o toque (Note on) na tecla até o som chegar ao nível máximo. Quanto maior o valor que atribuímos ao ataque, mais longo é esse tempo. Com o ataque zero, o som é imediato, percussivo; com valores altos, o timbre soa como um longo crescendo, demorando a atingir o nível máximo. O estágio do decaimento (D) do som determina o tempo decorrido desde o final do ataque, o momento em que o som atinge o nível máximo, até o estágio seguinte, de sustentação. Durante o decaimento, o volume do som decresce no tempo determinado, até atingir o nível de sustentação. O terceiro estágio é o de sustentação (S). Diferente dos outros, ele não é um controle de tempo: ele controla o nível em que o som permanece desde o final do decaimento até retirarmos o dedo da tecla. Quando soltamos a tecla, entra em ação o último estágio, Release (R) o que controla o tempo de relaxamento do som, até ele se extinguir. Se este tempo for zero, o som cessa imediatamente, enquanto que outros valores levam o som a decrescer proporcionalmente mais devagar, até cessar.

O Subtractor tem mais dois outros envelopes, chamados Filter Envelope e Mod Envelope. Fazem variar diversos parâmetros, mudando ao longo do tempo o timbre, ao modular o filtro, ou até a afinação, por afetar o oscilador.

Os osciladores de baixa freqüência (LFO 1 e LFO 2) funcionam como vibrato ou tremolo, aumentando e abaixando o nível em ciclos contínuos. Podemos programar a velocidade (freqüência) da oscilação (Rate), a sua intensidade (Amount) e a forma da onda. Cada forma de onda faz o LFO variar o nível com um diferente comportamento. Por exemplo, a onda senóide alterna o nível contínua e suavemente, enquanto que na onda quadrada o volume “salta” direto do nível máximo para o mínimo e vice-versa. Podemos endereçar o LFO para afetar o volume (Mix) e produzir um tremolo, para modular o oscilador e causar um vibrato, variando as afinações, ou para modular o filtro, abrindo e fechando o timbre.

Sempre, o LFO produz uma alteração cíclica no funcionamento dos componentes e o envelope, uma alteração linear, com começo, meio e fim.

O Subtractor responde aos controles de sensitividade (resposta de acordo com a velocidade do toque), after touch (resposta variável de acordo com a pressão), key transpose (chave transpositora de tom), pitch bender (alavanca que modifica a afinação e retorna ao pitch original), modulation (controle de atuação variável, em geral acionando um LFO ou abrindo um filtro), pedal de sustain e outros. Podemos ajustar a sua polifonia entre uma e 99 vozes. Ajustamos o intervalo de variação de afinação no Bend. Podemos escolher qual função (filtro, amplificador) será acionada por cada um desses controles.

Depois que programar seu novo patch no Subtractor, não se esqueça de salva-lo. Dê a ele um nome, clique no disquete e escolha o endereço.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.eletroliferadioweb.blogspot.com
 
Reason: O Sintetizador Subtractor
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Roland GR55 (sintetizador)
» Pedal sintetizador. Alguém tem alguma recomendação?
» Baixo Synth
» Divisor de água - VB-99 VBass
» captador roland mk3b

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Eletro Life :: Tema Livre :: Duvidas & Dicas-
Ir para: